A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Notícias Aliança / Ted 2, Hitman: Agente 47 e Corrente do Mal são as maiores estreias da semana

Ted 2, Hitman: Agente 47 e Corrente do Mal são as maiores estreias da semana

BBm9aORTed 2, sequência da comédia politicamente incorreta proibida para menores de maior sucesso em todos os tempos, é a maior estreia da semana. Com direção, roteiro e produção de Seth MacFarlane (que também dubla o desbocado ursinho de pelúcia), a continuação traz Ted em busca de realizar o sonho de ter um filho com sua esposa. Para isso, ele pede que seu melhor amigo John (Mark Wahlberg) doe esperma para a inseminação artificial. Entretanto, se Ted quer ter mesmo um filho ele terá de provar na justiça que é uma pessoa. O elenco conta com Amanda Seyfried e Morgan Freeman. A comédia estreia em 535 salas, segundo informações do site Filme B.

BBm9lc7

Hitman: Agente 47

Baseado em uma franquia de jogos de video game, é a principal estreia do gênero ação. Rupert Friend (Homeland) interpreta o 47º clone do Programa Agente. Ele é um ser humano geneticamente modificado, mais forte, rápido e inteligente que uma pessoa comum. Sua missão é contar com o apoio da filha (Hannah Ware) do cientista que o projetou para impedir que uma poderosa corporação crie sua própria tropa de assassinos de elite ainda mais fortes do que ele. Abre em 228 salas.

Corrente do Mal

Aclamado pela imprensa especializada mundo afora, o filme de terror Corrente do Mal traz uma original premissa para o gênero. A adolescente Jay (Maika Monroe) tem sua primeira relação sexual com seu namorado, mas sua primeira vez foi um pesadelo inimaginável. Ela foi usada por seu namorado, que a contaminou com uma força sobrenatural. A partir daí, a jovem descobre que será morta caso não passe adiante essa maldição, que só é transmitida através do sexo. Estreia em 160 salas.

Expresso do Amanhã

Estrelado pelo Capitão América Chris Evans, o filme de drama e ficção científica Expresso do Amanhã se passa no trem Snowpiercer, que cruza o planeta depois que uma tentativa malsucedida de frear o aquecimento global dá inicio a uma nova idade glacial na Terra. No trem, as diferenças sociais entre os sobreviventes são amplificadas. Os ricos vivem como reis, enquanto os pobres ficam à mercê da morte. Disposto a mudar isso, Curtis Everett (Evans) inicia uma revolução contra os mais abastados. Com direção do cineasta sul-coreano Joon-ho Bong, o elenco do filme traz Jamie Bell, Tilda Swinton, Ed Harris, Octavia Spencer, John Hurt, Ewen Bremner e Alison Pill. O longa-metragem entra em circuito em 150 salas.

BBm9iPI

Que Horas Ela Volta?

Apontado por muitos críticos como um forte concorrente no Oscar 2016, a comédia dramática brasileira Que Horas Ela Volta?, estreia em 90 salas. Regina Casé, em atuaçãopremiada internacionalmente no Festival de Sundance, interpreta Val, uma pernambucana que deixou sua família para trás no seu estado natal para trabalhar em São Paulo para uma família de classe alta e enviar dinheiro para seus parentes no nordeste. Lá, Val cuidou da criação do menino Fabinho, de quem é babá. Depois de 13 anos distante de sua filha Jéssica (Camila Márdila), Val recebe a notícia de que a jovem está interessada em viajar para a capital paulista para prestar vestibular. Assim, os dias que Jéssica passa com a mãe são complicados, visto que a jovem não se dá bem com os patrões da mãe e vice-versa. O filme é dirigido por Anna Muylaert.

BBm9nWr

Homem Irracional

O drama com toques de comédia, romance e suspense Homem Irracional é o mais recente trabalho do diretor Woody Allen a chegar ao Brasil. O filme traz Joaquin Phoenix no papel do o professor de filosofia em crise existencial Abe Lucas. Ao se contratado para lecionar em uma nova universidade, Abe se envolve com duas mulheres: Rita Richards (Parker Posey), uma solitária professora que vive um casamento infeliz, e Jill (Emma Stone), a melhor aluna que ele já teve, que se torna sua única amiga de verdade. Estreia em 74 salas.

Em circuito mais restrito, estreiam também a comédia nacional Mulheres no Poder, estrelada por Dira Paes (estreia em 14 salas); o documentário francês Dior e Eu, que mostra os bastidores da primeira coleção do estilista Raf Simons para a Dior (estreia em 12 salas); o drama nacional Periscópio, estrelado por Jean-Claude Bernardet e João Miguel; e o documentário Jedi Carioca – A Trajetória do CJRJ (que terá uma sessão única sábado, dia 29, no Cine Odeon, no Rio de Janeiro).

Confira abaixo os trailers:

Ted 2 : “O primeiro Ted funciona, dentre outras coisas, por trazer um personagem super inusitado participando de diálogos absurdos e de linguajar sujo. Agora, isso se repete. Mas não há mais a sensação de novidade. É mais do mesmo. A dinâmica entre Ted e John (Mark Wahlberg) é divertida, mas não oferece muito de novo”.

Hitman: Agente 47 : “… o filme evita os heróis frágeis que agem em nome do amor (à família, a uma mulher, à nação), substituindo-o por um assassino frio, que estoura os miolos de seus adversários como quem diz bom dia. O cinema de ação também tem espaço para tramas que vão direto ao ponto.”

Corrente do Mal : “É um grande prazer assistir a uma produção de terror deste nível. No momento em que o cinema de gênero explora à exaustão as mesmas fórmulas e as mesmas representações conservadoras de homens e mulheres, este filme demonstra como o cinema de horror ainda pode criar algo original, crítico e realmente assustador. Corrente do Mal é digno dos grandes clássicos de gênero. Um filme de apelo comercial e artístico, político e estético, que honra os cânones enquanto busca seus aspectos menos explorados.”

Que Horas Ela Volta? : “Misturando drama e comédia, o filme consegue confrontar o Nordeste e o Sudeste, os ricos e os pobres, o Brasil segregacionista e a ideia de união nacional […] As comédias de cunho social são raríssimas no cinema brasileiro, principalmente com a qualidade e profundidade de Que Horas Ela Volta?.”

Homem Irracional : “Não é que o filme seja ruim, mas há nele uma quantidade tão grande de ideias recauchutadas de filmes anteriores do próprio Allen que, para quem conhece sua filmografia, fica uma inevitável decepção. Ainda mais porque, em todos os casos, a versão original é melhor.”

Dior e Eu : “No fim das contas, Dior e Eu é um documentário que chama a atenção por mostrar um pouco do funcionamento interno de uma empresa conceituada como a Dior às vésperas de um desfile. Este, é claro, é o grande ápice do longa-metragem, muito bem iluminado e fotografado de forma a ressaltar ao máximo o cenário escolhido – beleza é a matéria-prima deles, não se esqueça! Entretanto, a reverência exagerada à empresa e seu criador por vezes incomodam, pelo excesso. Por mais que não se aprofunde muito, é interessante.”

Periscópio : “Ao término da projeção, a sensação que fica é a de desperdício de uma boa ideia. Uma pena, pois o primeiro terço de Periscópio insinuava um filme bem mais interessante.”

Fonte: MSN

 

129 Total Views 1 Views Today
Compartilhe com seus amigos!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Verifique

Veja :Polícia prende dois homens acusados de fabricação de armas de fogo caseiras

A Polícia Civil prende em Novo Repartimento, no sudeste do Pará, dois homens responsáveis por …

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *