A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Notícias Aliança / Simuladores chegam no Pará, mas ainda falta biometria

Simuladores chegam no Pará, mas ainda falta biometria

Centros de formação dizem que Detran não cumpriu sua parte no sistema

Três dos 150 simuladores de direção veicular previstos para chegar este ano ao Pará já estão montados em Belém e prontos para funcionar, mas não entraram em operação porque o Departamento Estadual de Trânsito (Detran/PA) ainda não implementou a biometria para reconhecer a digital do candidato. É o que afirma presidente do Sindicato dos Centros de Formação de Condutores do Pará (SindCFC), Paulo Bentes.

“Desde março deste ano, os equipamentos estão chegando e, no dia 9 de maio, encaminhamos ao Detran um cronograma de implantação dos simuladores em todo o Estado, pedindo inclusive a prorrogação do prazo, porém não obtivemos resposta. O Departamento ainda não implementou a biometria, nem o restante do sistema para receber o relatório de aula do simulador, para integrar o prontuário da habilitação. A tecnologia está disponível e o Detran não utiliza. Pode ocorrer de o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) fechar o Sistema do Registro Nacional de Carteiras de Habilitação (Renach), que controla o processo de habilitação no País, resolver imprimir a aula de simuladores e os candidatos do Pará ficarem sem habilitação, já que é obrigatório no país. Isso prejudica o sindicato e o candidato”, afirma Bentes.

Simuladores chegam no Pará, mas ainda falta biometria

A partir de 1º de janeiro deste ano, de acordo com a Resolução 543/2015, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), o uso dos simuladores de direção veicular na aprendizagem tornou-se obrigatório no País às pessoas interessadas em tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B. O documento prevê que, das 25 aulas práticas obrigatórias, cinco têm que ser no simulador, das quais uma em ambiente noturno, com duração de 50 minutos. O Departamento Estadual de Trânsito (Detran/PA) regulamentou mais essa etapa aos CFCs no Estado, por meio da Portaria nº. 3.558, publicada dia 17 de dezembro de 2015, no Diário Oficial do Estado. Mas as autoescolas enfrentaram dificuldades no cumprimento da norma, elaboraram cronograma de atividades e pediram prazo ao Detran.

O simulador traz para o aluno situações de riscos, perigos e emergências, e do cotidiano que a pessoa terá nas ruas e não consegue enfrentar dentro do carro da autoescola. “Nosso planejamento traz ainda que os simuladores de direção veicular vão funcionar em estabelecimentos fixos, de forma compartilhada, e os municípios com menor demanda serão atendidos pelo simulador itinerante, dentro de um trailler. Outro ponto importante é que a empresa que disponibiliza os equipamentos e o sindicato fizeram o negócio em comodato, e a autoescola paga somente por aula que ministrar. “Com isso, não haverá impacto financeiro para a autoescola e reflete ainda nos candidatos, que não vão pagar mais caro pela habilitação, pois o valor da aula prática no simulador será o mesmo do veículo tradicional”, esclarece Bentes.

Ainda segundo o SindCFC, os estados do Rio Grande do Sul, Matro Gosso do Sul, Bahia, Minas Gerais e Amazonas já implementaram o simuladores de direção veicular. O Amapá começa na segunda-feira, 1º de agosto, e no Acre 85 mil aulas para 20 mil alunos já foram realizadas, até ontem. O Detran/PA foi contactado pela reportagem para falar sobre o assunto, mas não atendeu às ligações feitas na tarde de ontem.

Fonte: ORM/News

210 Total Views 1 Views Today
Compartilhe com seus amigos!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Verifique

Exclusivo: Acaba assalto com refém em loja em Belém

Quatro assaltantes fizeram clientes reféns dentro de uma unidade das Lojas Americanas localizada entre a …

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *