A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Notícias Aliança / Remo avança outra etapa para o Profut e mira verbas federais

Remo avança outra etapa para o Profut e mira verbas federais

Depois de aderir ao Profut da Caixa Econômica, clube ingressou na lista de adesões à Receita Federal

Remo avança outra etapa para o Profut e mira verbas federaisA tarde foi de anúncio e comemoração por parte da diretoria do Clube do Remo. O dia marcou a adesão do Leão ao Profut da Receita Federal, com o parcelamento das dívidas relacionadas ao INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social). O próximo e último degrau a ser alcançado pelos remistas é a emissão das Certidões Negativas. Antes de aderir ao Profut da Receita Federal, o Remo já tinha conseguido o Profut da Caixa Econômica, com o parcelamento das dívidas que dizem respeito ao FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

‘O momento é de alegria. Foi, sem dúvida, uma grande conquista para o Remo. Foi aberto o caminho para o Remo partir para uma nova era na organização e na busca de patrocínios. Com as adesões e as certidões positivas com efeito de negativas, vamos abrir um leque imenso de possibilidades, principalmente no convênio com entidades federais como a Caixa Econômica e o Banco do Brasil’, explicou o vice-presidente do Leão, Fábio Bentes.

A emissão das certidões negativas, porém, faz parte de uma nova etapa que o clube terá de fazer, mas sem obstáculos em vista. ‘Já temos tudo o que é preciso para as emissões. Agora, só temos que esperar o tempo da burocracia normal para isto’, falou Bentes.

Indagado sobre os valores que o Remo passará a trabalhar a partir do momento em que começar a tratar de patrocínios federais, o vice do clube declarou: ‘Na verdade, nem sei te falar. Não temos nem noção ainda, mas é algo bem maior que a nossa realidade. Lógico que já tínhamos estudado esta questão, mas não chegamos a avançar neste campo de valores, porque tem uma série de condicionantes e porque ainda não tínhamos aderido ao Profut’.

Ao site oficial do Remo, o presidente André Cavalcante ainda chegou a frisar que a adesão significa algo além das cifras de patrocínios federais. ‘Acredito que com isso o Clube do Remo dá um passo decisivo para sua real reorganização administrativa. O cumprimento das suas obrigações com os funcionários, com o recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, que além de ser uma exigência legal, também é um resgate moral do Remo. A partir de agora, o Remo não está apenas parcelando os débitos do passado, como tendo que manter em dias o recolhimento no presente’, afirmou.

O Profut (Programa de modernização da gestão e de responsabilidade fiscal do futebol brasileiro) é previsto na Lei nº 13.155/2015, colocada em vigor no final de 2015 pela então presidente do Brasil, Dilma Rousseff. O objetivo é permitir mais renda aos clubes para que os mesmos tenham melhores condições para buscar o profissionalismo na gestão do futebol.

Veja abaixo o texto da lei nº 13.155/2015:

Estabelece princípios e práticas de responsabilidade fiscal e financeira e de gestão transparente e democrática para entidades desportivas profissionais de futebol; institui parcelamentos especiais para recuperação de dívidas pela União, cria a Autoridade Pública de Governança do Futebol – APFUT; dispõe sobre a gestão temerária no âmbito das entidades desportivas profissionais; cria a Loteria Exclusiva – LOTEX; altera as Leis nos 9.615, de 24 de março de 1998, 8.212, de 24 de julho de 1991, 10.671, de 15 de maio de 2003, 10.891, de 9 de julho de 2004, 11.345, de 14 de setembro de 2006, e 11.438, de 29 de dezembro de 2006, e os Decretos-Leis nos 3.688, de 3 de outubro de 1941, e 204, de 27 de fevereiro de 1967; revoga a Medida Provisória no 669, de 26 de fevereiro de 2015; cria programa de iniciação esportiva escolar; e dá outras providências.

Fonte: ORM/News

150 Total Views 2 Views Today
Compartilhe com seus amigos!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Verifique

Veja :Polícia prende dois homens acusados de fabricação de armas de fogo caseiras

A Polícia Civil prende em Novo Repartimento, no sudeste do Pará, dois homens responsáveis por …

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *