A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Notícias Aliança / Remo abre o placar, mas cede o empate ao Vilhena na Série D

Remo abre o placar, mas cede o empate ao Vilhena na Série D

Na próxima rodada, Leão enfrentará o Rio Branco (AC), na Arena Verde, em Paragominas

175878

Não deu! Depois de abrir o placar e perder muitas chances de ampliar, o Remo acabou cedendo o empate ao Vilhena (RO), na estreia da Série D do campeonato brasileiro. A patida aconteceu na noite deste domingo (12), no Portal da Amazônia, em Vilhena (RO).

 O primeiro gol do jogo aconteceu aos 39 minutos em jogada de volantes. Ameixa recebeu na entrada da área e tocou bonito para a infiltração de Chicão, que tocou na saída de Naldo para marcar.

 O empate do Vilhena aconteceu somente aos 35 minutos da etapa final, em uma cobrança de falta em forma de cruzamento que a zaga remista não conseguiu afastar e deixou a redonda ‘limpa’ para o zagueiro Alex Barcelos guardar.

 Na próxima rodada, o Leão receberá o Rio Branco (AC), às 16h do próximo sábado (18), na Arena Verde, em Paragominas. A partida será transmitida lance a lance pelo ORM News. Por outro lado, no domingo (19), o Vilhena irá a Manaus para pegar o Nacional, na Arena da Amazônia, às 17h.

1º tempo: Remo comanda, perde chances e converte uma – Todo de azul marinho, o Remo pisou no gramado do Portal da Amazônia para enfrentar o Vilhena com pose de favorito e, apesar das várias chances perdidas, conseguiu abrir o placar.

 O primeiro lance de perigo da partida aconteceu aos cinco minutos, quando Ameixa recebeu de frente para o gol e, com espaço, ajeitou e soltou um petardo da intermediária. A bola foi no travessão de Naldo.

 Quatro minutos depois, Eduardo Ramos, que jogava solto sem a responsabilidade de marcar por conta da escalação com três volantes, lançou Aleílson. Em velocidade o camisa 11 chutou forte, de primeira, por cima do travessão.

 O Vilhena tentava assustar e criar algo com Edilsinho (ex-Remo) e Diego Siqueira, mas, aos 16, quaso o Leão fez com Rafael Paty. No lance, Eduardo Ramos lançou Chicão, que chutou forte. Naldo foi na bola e a rebateu na direção de Paty, que não chegou em tempo e viu o próprio goleiro ficar com a redonda.

 O jogo passou a ser marcado pelas faltas e jogadas de força, até que, aos 30 minutos, Ameixa deu a dica do que poderia acontecer. O volante se atreveu como ponta direita e colocou a bola entre as pernas de Cacaú.

 Aos 39 minutos, aconteceu o gol. Ameixa recebeu entre os marcadores, viu a entrada de Chicão e deixou para o camisa 8 entrar na boa na área do Lobo rondoniense e tocar na saída do goleiro Naldo. 1 a 0 Remo.

 A chance do empate rondoniense aconteceu aos 46 minutos, quando Edilsinho cobrou falta pelo lado direito e viu Fernando Henrique rebater a bola na canela de Cabixi. A bola passou muito perto do gol azulino.

175888

2º tempo: apagão remista, pressão e empate do VEC – O técnco Marcos Birigui aproveitou o intervalo para realizar o famoso ‘puxão de orelha’ nos seus jogadores e a postura do VEC foi outra na etapa final. Aos sete minutos, o time quase empatou com Edilsinho em um cruzamento de Maicon. Ameixa se jogou na bola de carrinho e conseguiu impedir que a bola chegasse no camisa 10 do Lobo.

 O Remo tentava manter o ritmo que imprimiu no primeiro tempo, mas Eduardo Ramos não gozava do mesmo espaço em campo. Já os donos da casa tratavam de marcar o meio-campo e investir nos ataques pelas laterais.

 Assim, aos 31, Maicon foi cobrar uma falta da intermediária, próximo à linha lateral e jogou direto para o gol de Fernando Henrique, que tinha saído para um suposto cruzamento, mas conseguiu voltar à posição original em tempo de jogar pela linha de fundo.

 Quatro minutos depois, outra falta no canto esquerdo do ataque do VEC. Edilsinho jogou a bola na área e a zaga do Remo não conseguiu afastar. Ela sobrou quicando para o zagueiro Alex Barcelos, que girou com estilo de centroavante e soltou o pé para empatar o jogo.

Ficha do jogo (Vilhena 1 x 1 Remo)

Vilhena – Naldo; Portela, Alex Barcelos, Vinicius e Maycon; Dourado, Cucaú (Tuquinha), Diego Siqueira (Lucas Andrade) e Edilsinho; Cabixi

e Souza (André). Técnico: Marcos Birigui

 Remo – Fernando Henrique; Levy, Henrique, Ciro Sena e Alex Ruan; Ameixa (Juninho), Ilaílson, Chicão e Eduardo Ramos (Ratinho); Aleílson e Rafael Paty (Léo Paraíba). Técnico: Cacaio

 Gols: Chicão (39’/1ºT para o Remo); Alex Barcelos (35’/2ºT para o Vilhena)

Cartões amarelos: Alex Barcelos, Vinícius, Dourado e Diego Siqueira (Vilhena); Alex Ruan e Eduardo Ramos (Remo)

 Local: Portal da Amazônia (Vilhena/RO)

Hora: 18h30

Árbitro: Silvio André Loureiro de Lima – MT (CBF-2)

Auxiliares: Valdebranio da Silva – RO (CBF-1) e Marcos Gonçalves Pinto – RO (CBF-3)

Fonte: ORM/News

252 Total Views 1 Views Today
Compartilhe com seus amigos!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Verifique

Veja :Polícia prende dois homens acusados de fabricação de armas de fogo caseiras

A Polícia Civil prende em Novo Repartimento, no sudeste do Pará, dois homens responsáveis por …

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *