A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Notícias Aliança / Proibição de festa de aparelhagem em Mosqueiro provoca protesto
Protesto reuniu trabalhadores de bares e festas que se sentem prejudicados com a proibição de festas em Mosqueiro.

Proibição de festa de aparelhagem em Mosqueiro provoca protesto

Trabalhadores protestam contra a proibição: ‘Ficaremos sem emprego’.
PA-391 foi interditada por cerca de 1h30 neste domingo, 29.

Protesto reuniu trabalhadores de bares e festas que se sentem prejudicados com a proibição de festas em Mosqueiro.
Protesto reuniu trabalhadores de bares e festas que se sentem prejudicados com a proibição de festas em Mosqueiro.

Neste domingo (29), cerca de 250 pessoas interditaram a PA-391, estrada que leva até Mosqueiro, em frente à fábrica da Natura. Eles protestaram contra a decisão judicial que proibiu a realização de festas de aparelhagem em Mosqueiro.

“Dependemos disso para sobreviver. São centenas de trabalhadores, garçons, DJs, pessoal da elétrica, fornecedores de bebida, comida, como todo mundo vai trabalhar sem as festas?”, critica Alex Rodrigues, uma das pessoas à frente do protesto.

De acordo com os manifestantes, a interdição iniciou por volta de 15h. As duas vias foram bloqueadas por uma barricada, gerando um longo congestionamento. A Polícia Militar esteve no local e negociou a liberação de uma via, o que foi consentido. No entanto, segundo os manifestantes, momentos após a liberação parcial, uma equipe de ao menos 15 homens da Ronda Ostensiva Tática Metropolitana (Rotam) chegou ao local e disparou balas de borracha contra manifestantes. Duas pessoas teriam ficado feridas.

“Não havia necessidade dessa repressão violenta. A gente fez acordo com a PM e liberou uma das vias. Mas nada vai nos deter, porque somos trabalhadores lutando pelo direito de trabalhar. Não temos outra saída a não ser continuar interditando essa estrada até que o juíz marque uma audiência pública para sermos ouvidos”, disse Alex. Após a intervenção da Rotam, os manifestantes se dispersaram. A via foi liberada por volta de 16h40.

 

Proibição
O acordo judicial permite o funcionamento de bares e similares depois das 22h, em Mosqueiro, desde que os proprietários respeitem o volume de som permitido no horário, os promotores de eventos e donos de casas de shows criticam a proibição de festas de aparelhagens na ilha. O impedimento novamente foi feito pelo Fórum Distrital, sob a justificativa de que nenhuma casa noturna possui o isolamento acústico necessário e ainda considera que as aparelhagens tocam em um volume acima de 60 decibéis – volume máximo permitido durante a noite. Os promotores de eventos começam a se mobilizar para derrubar a decisão judicial.

“As festas de aparelhagens estão inseridas na cultura do povo paraense. Proibi-las é ferir a nossa cultura”, considerou Derick Pompilho, promotor de eventos. “Estamos em contato com os nossos advogados e estudando as melhores saídas para o caso”, antecipou.
Com a nova proibição as festas juninas correm o risco de não serem realizadas em Mosqueiro, uma vez que a animação destes eventos é feito com aparelhagens – que inclusive, tocam as músicas que as quadrilhas dançam.

Protesto provocou longo engarrafamento na PA-391.
Protesto provocou longo engarrafamento na PA-391.

O Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Estado do Pará também estuda uma estratégia legal para garantir que as festas de aparelhagens voltem a ser liberadas em Mosqueiro. “Uma parte expressiva da população não ficou satisfeita e nós, que representamos os empresários donos dos estabelecimentos, iremos restabelecer um novo diálogo para resolver esta situação”, frisou o assessor jurídico do SHRBS-PA, Fernando Soares.

Fernando ressaltou que o acordo judicial firmado durante a audiência pública realizada no último dia 23, em Mosqueiro, em momento proíbe a realização festas com aparelhagens, pelo contrário ajuda a regulamentá-las conforme a lei. “O TAC (Termo de Ajuste de Conduta) veta a poluição sonora e não a promoção de festas com aparelhagens”, pontuou.

Fonte: G1

260 Total Views 1 Views Today
Compartilhe com seus amigos!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Verifique

No Pará, agentes da PRF apreendem carga ilegal de madeira na rodovia BR-010

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreenderam 15 metros cúbicos de madeira em toras que …

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *