A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Notícias Aliança / Ponte poderá ser implodida, diz Setran

Ponte poderá ser implodida, diz Setran

destaque-279088-pontequebrada
(Foto: Twitter/@fotos_Publicas)

A ponte sobre o rio Moju, da Alça Viária, poderá ser implodida, segundo informou a Secretaria de Estado de Transporte (Setran), durante coletiva à imprensa, na tarde desta segunda-feira (24). O prazo para conserto e reparos da ponte é de seis meses.

Dois inquéritos foram instaurados em diferentes esferas. Um deles será para apurar as responsabilidades no âmbito criminal e outra sobre a legalidade da embarcação envolvida no acidente.

De acordo com o delegado Dilermando Dantas, diretor do Suprimento Fluvial de Desefesa Civil, a Delegacia Fluvial ouvirá possíveis testemunhas do acidente. “O delegado Felipe Schmidt, do Grupamento Fluvial, está no comando do caso. A Polícia Civil irá apurar as responsabilidades e punir caso haja culpado”, disse Dilermando.

A balsa transportadora que atingiu a ponte também será investigada. Segundo o capitão Vieira Barros, da Marinha do Brasil, o inquérito apontará se houve imprudência no momento do acidente. “Tanto a embarcação quanto a tripulação serão investigadas. Iremos checar se ambos estavam devidamente legais”, explicou.

GRATUITO

Durante as obras, o transporte no local será feito por duas balsas para atender o fluxo de veículos leves e pesados da rodovia PA-150, que liga as regiões nordeste e sudeste do Estado, de forma gratuita.

A Setran também informou que a travessia do rio, que tem uma extensão de 500 metros, será feita 24h, diariamente.

(DOL)

162 Total Views 1 Views Today
Compartilhe com seus amigos!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Verifique

Exclusivo: Acaba assalto com refém em loja em Belém

Quatro assaltantes fizeram clientes reféns dentro de uma unidade das Lojas Americanas localizada entre a …

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *