A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Notícias Aliança / PM que espirrou spray de pimenta em jovem imobilizado será investigado

PM que espirrou spray de pimenta em jovem imobilizado será investigado

Jovem teria sido preso após desentendimento em uma barraca de apostas. Corregedoria da PM disse que está adotando medidas cabíveis para o caso.

O Ministério Público Militar está apurando a conduta do policial militar que aparece em um vídeo espirrando spray de pimenta em um jovem imobilizado no município de Tome Açú, no nordeste paraense. A família do rapaz denunciou à agressão a corregedoria da PM. A família dele espera que os policiais sejam identificados e pretende acionar a Comissão de Direitos Humanos da OAB. A Corregedoria informou que tomou conhecimento do caso e que está adotando medidas cabíveis.

Nas imagens acima é possível ver quando Fábio Oliveira Penaforte, de 21 anos, está algemado numa grade. Ele não oferece resistência, mas, mesmo assim, um dos policiais espirra spray de pimenta em seu rosto e também o pisoteia.

A irmã de Fábio, Kelly Penaforte, conta que o irmão, apesar de machucado, passa bem. Ela afirma que venceu o medo e decidiu registrar a ocorrência na corregedoria da Polícia Militar em Belém. Segundo ela, tudo aconteceu em uma praça durante uma festa junina, no dia 29 de junho. Kelly afirma que o irmão foi preso depois de se desentender com o dono de uma barraca de apostas.

“Começou com uma discussão, quando ele deu uma gravata no homem da roleta, o homem da roleta gritou que era assalto e os policiais já vieram em cima dele. Pegaram ele e foram logo agredindo, chutando, jogando pelo chão e não teve conversa”, disse a irmã da vítima.

Fábio está preso há mais de três semanas na delegacia do município de Tome Açu. O rapaz foi autuado por assalto. O advogado da vítima questiona a prisão e já pediu na justiça a liberdade do jovem. “Nós ajuizamos o pedido da revogação da prisão do rapaz em razão de que foi um profundo e lamentável mal entendido, uma situação de tortura. E nós vamos buscar nas esferas criminal e civil posteriormente ajuizar a ação de danos contra o estado em razão da prisão injusta do Fábio Penaforte”, explica Paulo Costa.

O Promotor de Justiça Militar César Mota viu as imagens e condenou a atitude dos policiais. “As imagens revelam que houve o abuso de autoridade por parte do policial, visto que o acusado já estava algemado. Além desse abuso de autoridade, ele foi feito pelo spray de pimenta espirrado na pessoa, além da imobilização com o pé em cima do sujeito”, conta César Mota, promotor de Justiça Militar.

Fonte: G1

171 Total Views 2 Views Today
Compartilhe com seus amigos!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Verifique

Veja :Polícia prende dois homens acusados de fabricação de armas de fogo caseiras

A Polícia Civil prende em Novo Repartimento, no sudeste do Pará, dois homens responsáveis por …

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *