A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Notícias Aliança / Paysandu é derrotado pelo Bahia, mas se mantém em 2º

Paysandu é derrotado pelo Bahia, mas se mantém em 2º

Resultado de 2 a 0 para o Bahia quebrou série de 9 jogos sem derrotas do Papão

O Paysandu perdeu a invencibilidade de 9 jogos. Na Fonte Nova, em Salvador, o Papão visitou o Bahia e se deu mal. Sem o bom futebol de outras partidas, os bicolores perderam por 2 a 0, mas contaram com resultados dos outros jogos para não perder a posição na tabela.

Em jogo sem grandes emoções no primeiro tempo, o Bahia saiu na frente com o centroavante Jacó. Mesmo após perder pênalti no final do primeiro tempo, o Bahia conseguiu marcar o segundo no começo dos 45 minutos finais, novamente com Jacó.

O resultado deixou o Paysandu parado na classificação. O Papão contou com o insucesso dos concorrentes para manter a pontuação e a segunda colocação da Segundona. Já o Bahia subiu para o G4, na quarta colocação, com 21 pontos.

Na próxima rodada, o Paysandu vai ter novamente missão fora de casa, nesta sexta-feira (10), às 19h30, contra o Macaé-RJ, pela 11ª rodada, jogo que terá cobertura lance a lance do Portal ORM News!

174679

1º Tempo: Jogo equilibrado, Bahia na frente – O jogo começou com muito respeito. O Bahia, precisando vencer para sair de situação incômoda, esperou o Paysandu. O Papão, por sua vez, querendo manter a boa fase, também não se arriscou e esperou o Tricolor nos primeiros minutos.

Com o passar do relógio, a necessidade maior de vitória dos baianos fez com que um certo domínio começasse a ser esboçado, mas foi o Paysandu que teve a primeira grande oportunidade, em vacilo da zaga dos donos da casa que deixou a bola nos pés de Aylon. O atacante ficou de frente para o gol, mas chutou com desvio da marcação e perdeu grande chance.

Depois disso, o Bahia passou a dar as cartas no setor de meio de campo, dando trabalho ao goleiro Emerson e sistema defensivo bicolor, que não se segurou por muito tempo. Isso porque em lance pela direita, Eduardo se livrou da marcação e cruzou para a área, nos pés de Jacó, que chutou de primeira, no canto. 1 a 0.

O Paysandu, então, precisava se lançar ao ataque, mas foi o Bahia que teve o grande momento para chegar ao segundo gol, em pênalti de Emerson no atacante Maxi. O próprio argentino cobrou, mas não teve o capricho necessário e chutou para fora, sendo o último lance de perigo nos primeiros 45 minutos de bola rolando.

 2º Tempo: Fim da série invicta – No segundo tempo, o técnico Dado Cavalcanti tentou mudar a cara do Paysandu logo de cara, mudando duas vezes no time, com as entradas de Souza e Edinho, nos lugares de Caros Alberto e Leandro Cearense, respectivamente.

A mudança, entretanto, não surtiu efeito, principalmente quando o Bahia chegou ao segundo gol, logo no início da etapa final, em jogada de Eduardo, que entrou na área, chutou cruzado, a bola desviou na zaga e sobrou novamente para Jacó, que completou para o fundo da rede. 2 a 0.

O gol do Bahia diminuiu o ritmo da partida. O Paysandu foi ao ataque na base do ‘tudo ou nada’, mas parou na marcação baiana, ou na falta de pontaria em algumas oportunidades, principalmente com Souza, que aumentou ainda mais o jejum sem balançar as redes a favor do Bicola.

O Bahia, por sua vez, usou o nervosismo do Paysandu a favor, indo ataque somente na ‘boa’ e deixando o time alviceleste sempre preocupado com as jogadas de contra-ataque puxadas pelo atacante Mário, sempre nas costas de Pikachu.

No final, ficou mais uma derrota na Série B para o Papão, mas o consolo de permanecer como a segunda melhor campanha da Segundona.

FICHA TÉCNICA: (Bahia 2 x 0 Paysandu)

 Bahia: Douglas Pires; Adriano, Robson, Titi e Marlon; Yuri, Gustavo Blanco (Patric), Tiago Real e Eduardo (Feijão); Maxi (Mário) e Jacó. Técnico: Sérgio Soares

 Paysandu: Emerson; Yago Pikachu, Gualberto, Thiago Martins e João Lucas; Ricardo Capanema, Fahel, Jhonnatan (Welinton Júnior) e Carlos Alberto (Edinho); Aylon e Leandro Cearense (Souza). Técnico: Dado Cavalcanti

 Gols: Jacó(2x)

 Cartão amarelo: Patric e Gustavo Blanco (Bahia) / Emerson, Yago Pikachu e Souza (Paysandu)

 Árbitro: José Cleuton de Souza Lima

 Estádio: Fonte Nova, Salvador (BA)

Fonte: ORM/News

138 Total Views 1 Views Today
Compartilhe com seus amigos!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Verifique

Veja :Polícia prende dois homens acusados de fabricação de armas de fogo caseiras

A Polícia Civil prende em Novo Repartimento, no sudeste do Pará, dois homens responsáveis por …

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *