A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Notícias Aliança / Monitores pedem mais segurança

Monitores pedem mais segurança

destaque-337804-destaque-334440-t5t5

Monitores socioeducativos e técnicos se reuniram, na tarde de ontem, com o presidente da Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa), Simão Bastos, na sede da entidade. A reunião foi pedida pelos servidores depois que um jovem de 18 anos, que cumpria medida socioeducativa no Centro de Internação Jovem Adulto Masculino foi resgatado por dois homens armados ao chegar a um hospital em Ananindeua, onde passaria por uma sessão de fisioterapia.

O resgate ocorreu na última quinta-feira e o jovem estava acompanhado dos servidores, mas sem escolta policial. Durante a reunião, os trabalhadores cobraram um plano de segurança como forma de prevenção a esse tipo de situação. Segundo o servidor Paulo Santiago, membro da diretoria do Sindicato dos Servidores das Fundações do Pará (Sindfepa), a tentativa de fuga das unidades é outro problema constante.

Os funcionários querem o apoio da polícia. “Conforme informou o presidente, a Fasepa está buscando que isso seja permanente e vai solicitar esse apoio à Polícia Militar”. Segundo Bastos, foi informado que não houve escolta na ocasião da fuga do jovem devido ao período de férias.

Para ele, situações como essas precisam ser prevenidas, pois é um trabalho inconstante. Segundo a Fasepa, algumas reinvindicações já foram atendidas, como iluminação externa nas unidades e a contratação de empresa terceirizada nas portarias. Disse ainda que está em processo licitatório a compra de detector de metais, algemas e rádios para as unidades.

Fonte: Diário do Pará

150 Total Views 1 Views Today
Compartilhe com seus amigos!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Verifique

Veja :Polícia prende dois homens acusados de fabricação de armas de fogo caseiras

A Polícia Civil prende em Novo Repartimento, no sudeste do Pará, dois homens responsáveis por …

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *