A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Notícias Aliança / Justiça retoma julgamento do caso Buchinger

Justiça retoma julgamento do caso Buchinger

Justiça retoma julgamento do caso Buchinger

O Fórum Criminal de Altamira, no sudoeste paraense, retoma nesta quinta-feira (27) o julgamento dos sete acusas de envolvimento na morte de Luís Alves Pereira, Irma Buchinger Alves e Ambrosio Buchinger Neto, assassinados dentro da própria casa em janeiro deste ano. Entre os acusados, está Henrique Buchinger Alves, filho e irmão das vítimas.

Este é o segundo dia do julgamento, iniciado nesta quarta-feira (26). Nesta quinta-feira, os sete acusados de envolvimento no crime deverão prestar depoimento e ser interrogados tanto pelos advogados de defesa quanto pela promotoria do Ministério Público do Estado.

Na primeira sessão, foram ouvidos os depoimentos de 12 testemunhas, divididos entre defesa e acusação, incluindo dos policiais civis que participaram da investigação do caso e Kiara Buchinger, irmã das vítimas e testemunha ocular do crime.

Ainda não há uma previsão de horário para o encerramento do júri.

Luís Alves Pereira, Irma Buchinger Alves e Ambrosio Buchinger Neto tiveram a casa invadida, foram amarrados em cadeiras e depois asfixiados. Kiara e Henrique foram trancados no banheiro, mas conseguiram fugir, acionando a polícia. Os suspeitos fugiram com pertences e o carro do casal.

Durante a investigação, Henrique foi preso, suspeito de ser o mentor e mandante do crime. Outros seis suspeitos de envolvimento no crime foram identificados e presos. O crime causou grande comoção na cidade.

Fonte: DOL

157 Total Views 1 Views Today
Compartilhe com seus amigos!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Verifique

Veja :Polícia prende dois homens acusados de fabricação de armas de fogo caseiras

A Polícia Civil prende em Novo Repartimento, no sudeste do Pará, dois homens responsáveis por …

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *