A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Notícias Aliança / Feijão segue em alta e atinge 24% de reajuste em janeiro na Grande Belém

Feijão segue em alta e atinge 24% de reajuste em janeiro na Grande Belém

Cesta básica dos paraenses continua entre as mais caras do país.
Feijão é um dos produtos que vem sofrendo maior aumento de preço.

Depois consecutivas altas no ano de 2015, quando o reajuste acumulado no preço do feijão chegou a quase 40%, o valor do produto voltou a subir no primeiro mês de 2016, com um reajuste de cerca de 24%. De acordo com o Dieese/PA, para este mês de fevereiro, a tendência ainda é de alta no preço do feijão na Grande Belém.

A cesta básica dos paraenses continua entre as mais caras do país. Segundo os novos estudos do Dieese, somente no início deste ano, a cesta composta de 12 produtos teve uma alta acumulada de preço de 6,41% e o feijão sofreu alta acima desta média e também acima da inflação.

Segundo as pesquisas do Dieese, de janeiro a dezembro de 2015 o reajuste acumulado no preço do feijão consumido pelos paraenses foi de 37,23%. Em novembro do ano passado o feijão foi comercializado, em média, a R$ 4,06 e fechou o ano sendo vendido a R$ 4,46, com um reajuste acumulado no ano de 37,23%.

Consumo mensal
A previsão de consumo mensal do feijão por trabalhador no Pará é de 4,5 kg e o gasto total em janeiro de 2016 atingiu R$ 24,17, com um impacto em relação ao salário mínimo de 2,98%.

Já o tempo de trabalho necessário para adquirir o produto foi de 6h2. Em dezembro do ano passado, o gasto total  para aquisição do produto atingiu R$ 20,07 com um  impacto  em relação ao salario de 2,77%. Já o tempo de trabalho necessário para adquirir o produto foi de 5h36.

G1

114 Total Views 1 Views Today
Compartilhe com seus amigos!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Verifique

Veja :Polícia prende dois homens acusados de fabricação de armas de fogo caseiras

A Polícia Civil prende em Novo Repartimento, no sudeste do Pará, dois homens responsáveis por …

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *