A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Notícias Aliança / Encontrado tripulante que sumiu na Baía do Guajará

Encontrado tripulante que sumiu na Baía do Guajará

Encontrado tripulante que sumiu na Baía do Guajará

O homem que caiu de uma embarcação que faz a linha Soure-Belém foi encontrado com vida por tripulantes de um navio graneleiro ancorado próximo à orla de Mosqueiro. Elton Jhon Mota da Costa, 34 anos, é tripulante da lancha rápida que faz a linha Soure-Mosqueiro.

Ele caiu no rio por volta das 16h30 de domingo (30), depois que a lancha foi atingida por uma forte onda. O tripulante estava na proa da embarcação pouco antes da queda. O resgate aconteceu no início da tarde desta segunda-feira (31).

Duas boias de salvamento e algumas malas caíram no rio, mas o tripulante não conseguiu alcançar os equipamentos e se apoiou nas malas até que elas afundassem. De acordo com o relato do tripulante, ele se livrou dos sapatos e se manteve de calça e camiseta para diminuir o frio.

Aproveitando a correnteza, a vítima contou que se segurou na corrente do navio graneleiro até ser salvo. Elton Jhon passou parte da noite de ontem boiando na baía. Foram cerca de 18 horas à deriva nas águas da Baía do Guajará.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros fez o transporte da vítima do navio até Belém, na sede do Grupamento Fluvial de Segurança Pública (GFlu). De lá o tripulante foi levado por uma ambulância do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) para um hospital particular.

Cerca de 130 pessoas estavam na embarcação na hora do acidente. Familiares do tripulante informaram que ele está em estado de choque.

Fonte: ORM/News
280 Total Views 1 Views Today
Compartilhe com seus amigos!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Verifique

Veja :Polícia prende dois homens acusados de fabricação de armas de fogo caseiras

A Polícia Civil prende em Novo Repartimento, no sudeste do Pará, dois homens responsáveis por …

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *