A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Notícias Aliança / Cesta básica aumenta 13,27% em 2016 na Região Norte

Cesta básica aumenta 13,27% em 2016 na Região Norte

Foto: Akira Onuma/O Liberal

O preço da cesta básica na região Norte aumentou 13,27% ao longo de 2016 e alcançou no último mês de dezembro o valor de R$ 537,87. No mesmo período do ano anterior, a cesta de produtos básicos das famílias nortistas era de R$ 63,01 mais barata, com preço de R$ 474,86. Na passagem de novembro e dezembro últimos, a cesta da região sofreu nova alta, de 0,80%, que em valores representa acréscimo de R$ 4,29.

O valor é, disparado, o maior dentre todas as regiões brasileiras e bem superior a média nacional, de R$ 483,10 – elevação de 10,03% entre janeiro e dezembro e alta de 0,50% na última variação mensal. Na análise anual, a região Norte foi a que apresentou a maior variação, seguido pelo Nordeste (10,36%), Sul (9,62%), Centro-Oeste (8,71%) e Sudeste (8,03%).

Já no mês, as altas foram de 1,30% no Centro-Oeste, de 0,99% no Sul, de 0,80% no Norte, e de 0,61% no Sudeste. A região Nordeste foi a única que registrou variação negativa, de 1,44%. Com esses índices, os preços das cestas são de R$ 537,87, no Norte; de R$ 527,51, no Sul; de R$ 461,44, no Centro-Oeste; de R$ 460,80, no Sudeste; e de R$ 419,16, no Nordeste.

Os dados são da pesquisa realizada pela consultoria GfK e analisada pelo Departamento de Economia e Pesquisa da Associação Brasileira de Supermercados (Abras). O levantamento aponta que as maiores altas de preço no mês de dezembro foram registradas em produtos como: cebola (13,43% no mês e -45,10% no ano), óleo de soja (10,19% e 14,10%), farinha de mandioca (7,91% e 55,90%), o ovo (3,97% e 12,50%) e o frango congelado (3,74% e 7,90%). Já as maiores quedas foram nos itens: batata (-18,18% e -35,30%), feijão (-9,12% e 60,20%), queijo mussarela (-2,98% e 22,90%), queijo prato (-2,75% e 25,10%) e o sal (-1,90% e 7,00%).

VENDAS

As vendas do setor supermercadista no País em valores reais registraram alta de 1,58% em 2016, na comparação com o mesmo período do ano anterior, de acordo com o Índice Nacional de Vendas ABRAS, elaborado pelo Departamento de Economia e Pesquisa. Em dezembro, as vendas – deflacionadas pelo IPCA/IBGE, apresentaram alta de 20,89% na comparação com o mês imediatamente anterior e alta de 2,23% em relação ao mesmo mês do ano de 2015.

Em valores nominais, as vendas do setor apresentaram alta de 21,26% em relação ao mês anterior e, quando comparadas a dezembro do ano anterior, alta de 8,66%. No acumulado do ano, as vendas cresceram 10,44%.

“O resultado acumulado foi um pouco acima das nossas expectativas finais para 2016, impulsionado principalmente pelas compras de Natal e Réveillon. O ano não foi dos melhores para o setor, mas conseguimos fechar com um número satisfatório. Sabemos que 2017 ainda não será muito fácil, por isso, revisamos nossa previsão de crescimento para 1,3%. Ainda temos 11 meses pela frente e muito trabalho, mas acreditamos que as oportunidades existem, e precisamos manter o otimismo”, destaca o presidente da ABRAS, João Sanzovo Neto.

 Fonte: ORM/News
161 Total Views 1 Views Today
Compartilhe com seus amigos!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Verifique

Veja :Polícia prende dois homens acusados de fabricação de armas de fogo caseiras

A Polícia Civil prende em Novo Repartimento, no sudeste do Pará, dois homens responsáveis por …

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *