A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Notícias Aliança / Cai o preço da gasolina em Belém, segundo ANP

Cai o preço da gasolina em Belém, segundo ANP

Foto: Ary Souza/ Arquivo O Liberal

Uma boa notícia para os paraenses: o preço da gasolina começou a baixar em alguns postos de Belém. Em alguns postos o combustível está sedo vendido por até dez centavos mais barato. De acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo (ANP) parte da redução dos preços dos combustíveis nas refinarias começou finalmente a ser repassada para as bombas dos postos. A Petrobras reduziu duas vezes o preço da gasolina e do diesel nas refinarias, nos dias 14 de outubro e 8 de novembro. No dia 14 de outubro, a Petrobras anunciou uma redução de 2,7% no preço do diesel e de 3,2% no preço da gasolina nas refinarias, mas a queda não foi notada pelos consumidores.

Nesta segunda-feira (28), a reportagem esteve em um posto localizado no cruzamento das avenidas João Paulo II e Ceará, no bairro de Canudos. Lá, a gasolina aditivada, mais cara do que a comum, está sendo vendida a R$ 3,79. Um dos frentistas confirmou a redução de dez centavos no preço do litro do combustível.

Presidente do Sindicombustíveis do Pará (entidade que representa o comércio varejista de derivados de petróleo), Ovídio Gasparetto comentou o assunto. Ele explicou que, como presidente de sindicato, não pode falar de preços. “Posso, sim, falar da redução, que a Petrobras sinalizou que teria. Mas não é o que ela falou. Eu desconheço alguém que tenha recebido montantes em centavos como ela disse. No meu caso, eu recebi três centavos. E, para recuperação de mercado, eu baixei sete centavos. Isso já tem quase duas semanas que ocorreu comigo”, disse. Ele acrescentou que, sobre a média de redução, só quem pode se posicionar é a própria ANP. “Os revendedores precisam, primeiro, receber combustível aos preços novos, para poderem tomar suas decisões individuais de acordo com cada revenda. A revenda, em termos até da lei da oferta e da procura, é que vai decidir os seus preços. A Petrobras, erroneamente, fica induzindo valores, o que ela não pode fazer. No caso de Belém, a nossa base fica muito distante de uma refinaria. E a base que tiver próxima da refinaria tem um desconto maior”, afirmou Ovídio Gasparetto.

Reportagem publicada pelo G1 de São Paulo, no último domingo, mostrou que, no dia 8, a Petrobras anunciou uma nova redução, de 10,4% no preço do diesel e de 3,1% no preço da gasolina. Segundo a estatal, com um repasse integral nas bombas ao consumidor final, o preço do diesel poderia cair 6,6%, ou cerca de R$ 0,20 por litro. Já o efeito sobre os preços da gasolina seria de queda de 1,3% ou R$ 0,05 por litro. A Petrobras informou que, pela nova política de preços adotada pela empresa, os preços dos combustíveis nas refinarias serão revisados “pelo menos uma vez por mês”. A matéria também mostrou que os donos dos postos de combustível têm reclamado da alta do preço do álcool anidro, que entra na composição da gasolina com o percentual de 27%. A União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), entidade que reúne os produtores de açúcar e etanol, refutou, no entanto, a tese de que o etanol seja o culpado pela redução do preço da gasolina na refinaria não chegar ao consumidor.

Fonte: ORM/News

210 Total Views 1 Views Today
Compartilhe com seus amigos!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Verifique

Veja :Polícia prende dois homens acusados de fabricação de armas de fogo caseiras

A Polícia Civil prende em Novo Repartimento, no sudeste do Pará, dois homens responsáveis por …

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *