A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Brasil / Autoescolas: simuladores, agora, são obrigatórios

Autoescolas: simuladores, agora, são obrigatórios

destaque-338102-1
Segundo a resolução, uso do simulador de direção vale para quem pretende tirar a habilitação na categoria B ou mudar de categoria. (Foto: Divulgação/Detran)

As autoescolas de todo o país terão 5 meses para se adequar à resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que torna obrigatório o uso do simulador de direção veicular nos centros de formação de condutores (CFCs). A partir do dia 31 de dezembro, os CFCs que não atenderem à norma serão punidos através de suspensão dos serviços e até de interdição do estabelecimento. A resolução foi publicada na última terça-feira, no Diário Oficial da União.

Em Belém, Sandro Hage, diretor de uma autoescola na Rua Jerônimo Pimentel, bairro do Umarizal, disse que teve dificuldade na aquisição do equipamento, quando fez pedido do simulador veicular, em 2013. “Na época, só existiam três empresas que importavam o equipamento, e apenas uma delas era homologada pelo Denatran (Departamento Nacional de Trânsito)”, lembra. O equipamento chegou ao estabelecimento do empresário depois de 60 dias e custou R$ 42 mil. O valor atual do simulador de direção veicular está na casa dos R$ 47 mil.

O diretor de Planejamento do Detran, Carlos Valente, acredita que haverá uma redução do número de autoescolas em funcionamento, devido ao curto prazo de adaptação: 5 meses. “A utilização do simulador veicular é mais uma tentativa de qualificar o processo de formação do condutor. Nem sempre os centros têm esse cuidado com a formação do motorista”, diz. “Acreditamos que de 25% a 30% deles serão fechados, porque funcionam sem estrutura”.

Cinco empresas estão homologadas para a fabricação e o fornecimento de simuladores de direção veicular no Brasil, de acordo com o Denatran. Inicialmente, a resolução vale para os candidatos à obtenção de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do tipo “B” e aos que irão mudar de categoria. “O simulador não vem substituir as aulas teóricas da autoescola, mas somar, mostrando situações reais de direção e de risco para que o condutor conheça mais profundamente o veículo”, considera Hage. Em uma segunda etapa, será obrigatório o uso do simulador para quem dirigir veículos comerciais, caminhão, ônibus e motos. Por enquanto, seu uso é opcional, de acordo com a resolução.

Fonte: Diário do Pará

153 Total Views 1 Views Today
Compartilhe com seus amigos!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Verifique

Veja: Ex-governadores são presos em Operação

Nesta terça-feira (23), dois ex-governadores do Distrito Federal foram presos em uma operação da PF …

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *